19/09/17 Atualizado 03/07/19

Um passo à frente no setor Brasileiro de carne suína

A Unidade Industrial de Carnes Castrolanda instalou o ergonômico sistema de desossa de paleta DeboFlex para melhorar as condições dos trabalhadores e a produção.

Nos últimos anos, a carne suína ganhou popularidade no Brasil. Objetivando acompanhar as novas tendências em abate e processamento de suínos, a Unidade Industrial de Carnes instalou o sistema de desossa de paletas DeboFlex da Marel em uma nova instalação de processamento de carne suína em fevereiro de 2015.

As cooperativas ouviram falar anteriormente sobre a DeboFlex, mas observar o sistema em operação na instalação de clientes da Marel na Holanda realmente as impressionaram.

Quando vimos a DeboFlex em operação, imediatamente compreendemos que era o sistema inovador que estávamos procurando. A DeboFlex ergonomicamente projetada melhora as condições de trabalho na área de corte e possibilita desossar de forma mais precisa., Ivonei Durigon, superintendente da Unidade Industrial de Carnes  -

As paletas são suspensas enquanto são desossadas

O sistema DeboFlex foi projetado para a desossa de paletas suínas esquerdas e direitas, com uma linha para cada lado. As operações são executadas enquanto a paleta está suspensa no sistema, e não apoiadas sobre uma esteira transportadora como em sistemas tradicionais. Isso evita o acúmulo de produtos.

Desossa fácil que requer habilidades simples

Além disso, as operações de desossa são divididas em tarefas separadas. Conforme as paletas automaticamente prosseguem na linha, cada operador, posicionado em sua própria estação de trabalho, executa uma operação simples e específica.

"Os operadores têm sido muito rápidos em aprender as tarefas individuais que eles devem executar", Everton Segatto, gerente industrial, explica. "Não há necessidade de operadores capacitados, pois trabalhar com o sistema é muito fácil. Um de nossos maiores desafios no setor é que a mão de obra é escassa."

Faça o download do folheto DeboFlex

UM MELHOR AMBIENTE DE TRABALHO

Outro desafio dos processadores de alimentos é a implementação pelo governo brasileiro de algumas das regulamentações mais estritas sobre ergonomia nas fábricas. "Ergonomia é um dos principais destaques da DeboFlex", diz Everton Segatto.

"Ela pode ser ajustada de várias formas para acomodar a pessoa na estação – em relação à altura, suporte de descanso, velocidade, posicionamento do produto e assim por diante. E é claro, ela também faz a diferença ao manter os produtos em um fluxo contínuo. Os operadores não precisam deslocar os produtos, o que requer força. Assim, se torna mais fácil empregar mão de obra feminina na linha. Além disso, a flexibilidade do sistema permite o rodízio dos trabalhadores."

UM FLUXO DE PRODUTOS SUAVE E CONTROLADO

Paletas esquerdas e direitas chegam às linhas da DeboFlex diretamente da área de|separação de carcaças. Em seguida, as paletas são pesadas e carregadas nas linhas, onde elas passam por diversas etapas no processo – remoção da pele, remoção da gordura, corte dos ossos e assim por diante, até que atinjam o estágio de produto final desossado e cortado.

Um abrangente sistema de logística integrado a DeboFlex garante que os produtos como pele, gordura, retalhos e ossos, sejam automaticamente distribuídos através de transportadoras para embalagem, remoção ou processamento adicional. Isso garante uma produção eficaz, suave e controlada.

VISÃO GERAL DA ALEGRA

A união das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal resultou na Unidade Industrial de Carnes e marca de qualidade Alegra. A marca está crescendo no Brasil e agora é exportada para mais de 25 países.

Para mais informações, entre em contato com a nossa equipe de vendas