Lerøy Midt: Salmão fresco da fábrica inteligente

A instalação de Lerøy Midt em Jøsnøya é uma das fábricas para processamento de salmão mais avançadas do mundo. Vários fornecedores estiveram envolvidos no projeto, e a instalação inclui a tecnologia mais recente da Marel, estabelecendo novos comparativos no setor.

Leroy Midt (1)

Trabalhando em estreita colaboração com a Lerøy Seafoods, a Marel ofereceu soluções inovadoras para linhas de filetagem pré-rigor, embalagem de salmão fresco inteiro e logística para a planta de alta capacidade na costa norueguesa.

O salmão é bombeado diretamente para a fábrica, começando bem cedo todas as manhãs, e sai da fábrica embalado em filé ou inteiro no mesmo dia, rumo às fábricas de produção e embalagem da Lerøy na Noruega, bem como em países como Suécia, França, Espanha e Holanda.

Ao produzir filés tão próximos da fonte, a Leroy eleva a qualidade dos produtos, economiza em custos de frete e reduz a pegada de carbono do salmão que acaba em nossos pratos.

Qualidade e capacidade elevadas

"A unidade foi construída para processar muitos filés", explica Pål Kleven, diretor de produção da Lerøy Midt. "Temos uma grande capacidade de filés de pré-rigor, e esse será o principal produto no futuro".

Os filés acabarão sendo responsáveis por 60-70% da produção em Lerøy, mas, na fase inicial, começando em meados de 2018, a instalação de Lerøy Midt tem produzido muitos peixes inteiros; decapitados, estripados e embalado em gelo. "Temos uma grande capacidade no departamento de filetagem e vamos aumentar isso nos próximos anos."

O aumento da produção de filé pré-rigor tem diversas vantagens significativas. "Vamos aumentar a qualidade do produto e dos produtos que saem de nossas fábricas na Europa. E vamos reduzir os custos de transporte em aproximadamente 50 por cento", explica Kleven.

Uma nova instalação para otimizar a produção

A construção de uma nova instalação de última geração está na lista de desejos da Lerøy há muitos anos, mas foi em 2016 que as estrelas se alinharam para apontar o local, o momento e os parceiros certos, inclusive a Marel.

A lista de verificação da nova instalação incluía aumentar a capacidade, comprar salmão dos próprios fornecedores, aumentar a capacidade de produção de filé e reformar os prédios – ou construí-los do zero.

Em vez de reformar a fábrica existente, eles optaram por construir uma nova em Jøsnøya. Isso significava que eles podiam planejar tudo da melhor maneira possível para otimizar a produção, do recebimento ao despacho, e também indicava que eles podiam aumentar a capacidade em cerca de 50%.

O equipamento da Lerøy Midt inclui muitos produtos novos de vários fornecedores que foram instalações inéditas, o que significou ajustes necessários ao longo do caminho. Mas a construção da nova instalação transcorreu bem, e a produção começou dentro do cronograma. "Começamos a construção em outubro de 2016, e 20 meses depois estávamos colocando os primeiros peixes nas linhas", diz Kleven.

A produção nas linhas de filetagem vieram logo em seguida, e eles aumentaram os volumes para 45.000 peixes por turno em seis meses. "Estamos aumentando à medida que a experiência do nosso próprio pessoal cresce e na proporção de melhoria e otimização das linhas."

Leroy Midt 2

Remoção da cabeça, filetagem e refile mais inteligentes

Existem cinco linhas de filetagem da Marel na Lerøy Midt, o que multiplica a capacidade de uma única linha e também garante flexibilidade para evitar o tempo de inatividade da filetagem.

Com as removedoras de cabeça da Marel, o peixe decapitado é transferido automaticamente para a filetadora, o que reduz a necessidade de manuseio manual e melhora o fluxo.

As removedoras de pele de salmão em cada linha de filetagem iniciam a remoção pela cabeça, garantindo um fluxo melhor na linha, evitando a necessidade de virar os filés na entrada da removedora.

Innova para filetagem de salmões

A Marel está sempre aprimorando a conectividade das soluções para salmão e lançou um novo módulo de software no início de 2019 para melhorar os resultados da filetagem de salmões. O Innova para filetagem de salmões oferece controle completo do equipamento e monitoramento em tempo real para melhorar o desempenho geral de uma linha de filetagem, independentemente do funcionamento de todas as máquinas na linha.

Nova capacidade de controle de qualidade

Entre os novos produtos da Marel na fábrica estão scanners QC nas linhas de filetagem. Os scanners digitalizam os filés antes e depois da remoção de pele, o que significa que ambos os lados são verificados em busca de defeitos e cores.

"O scanner de qualidade nos ajudará fornecendo um relatório a ser apresentado aos nossos clientes – nossas próprias fábricas – as informações que é bom ter durante a decisão de qual produto adquirir", acrescenta Kleven.

Leitura de QC

Após a filetagem, o scanner QC examina cada filé para detectar a cor, eventual melanina e manchas de sangue e quaisquer defeitos no corte, como membrana abdominal/osso ou defeitos no dorso. Os filés são classificados automaticamente de acordo com as configurações de tolerância pré-selecionadas. Após a remoção da pele, o scanner QC pode classificar os filés para retrabalho com base na detecção de eventuais pedaços de pele e carne marrom.

Ajustes de funcionários

Com a expectativa de que a produção anual chegue a 70.000 toneladas em 2019, Kleven diz que eles precisarão de dois turnos durante parte do ano para processar um volume tão grande. "Não usaremos todas as linhas no segundo turno, mas provavelmente precisaremos de aproximadamente 50 a 60 por cento da capacidade do segundo turno", acrescenta. "Ainda temos espaço para crescer!"

Além de precisar de pessoal suficiente para cobrir o turno extra, o novo equipamento significa que alguns funcionários precisaram de treinamento extra, e o aumento na automação significa que algumas funções também mudaram.

Alguns dos técnicos e operadores receberam treinamento antes da instalação, da Marel e de outros fornecedores. Assim que a fábrica entrou em funcionamento, ficou mais fácil avaliar as necessidades de treinamento e reduzir gradativamente a assistência técnica à medida que os operadores iam ganhando velocidade.

Ajudou o fato da empresa já estar usando a plataforma de software da Marel, o Software de Processamento de Alimentos Innova, há muitos anos. "Recebemos um treinamento no Innova, mas estamos familiarizados com ele desde a fábrica anterior", explica Kleven. "Para o peixe inteiro, foram os caras de lá [da antiga fábrica] operando aquela parte, então eles conheciam isso muito bem."

No entanto, havia muitas máquinas novas nas linhas de filetagem em especial, o que também significava um novo software. "Isso foi um pouco mais desafiador", diz Kleven. "Mas vemos a vantagem de ter um sistema geral agora para toda a linha."

Software de processamento mais inteligente

O software é fundamental para a fábrica e para a maneira como a produção é feita. "Usamos o Innova há diversos anos", explica Kleven. O sistema Innova da Lerøy Midt foi projetado para fornecer todas as informações de que eles precisam em um único sistema. "Isso nos ajudará a ter um sistema, um sistema geral, para que possamos obter muitas informações sobre qualidade, ou sobre o restante das informações da linha de produção."

Os primeiros meses após o início estavam concentrados em colocar as linhas em funcionamento, mas, ao final de 2018, a equipe já estava trabalhando com relatórios para a gestão da produção, a fim de garantir que eles recebessem mais relatórios do sistema.

Leroy Midt 3

A ideia geral: vantagens e oportunidades

"Tudo o que introduzimos na fábrica com o barco-poço sai no mesmo dia como pescados inteiros ou filés frescos", diz Kleven. "E vemos melhorias em termos de qualidade", acrescenta. "Vemos isso nos produtos finais que entregamos."

"Também temos um controle melhor da cadeia de resfriamento aqui. Como não temos gaiolas de espera, pegamos os pescados diretamente do poço e começamos a resfriá-lo no barco."

Um futuro sem usar as mãos

Lerøy Midt é uma instalação principal para o processamento avançado de salmões e, quando se entra na fábrica, fica logo evidente o quanto ela é automatizada. Parece haver uma proporção maior de pessoas em funções tipo supervisão, verificando se tudo está funcionando corretamente. Kleven concorda que essa talvez seja a instalação de salmões mais avançada construída até hoje.

"Até onde pude ver, ela é. Uma das principais tarefas aqui era como poderíamos fabricar produtos como filés pré-rigor sem que nenhuma mão tocasse os pescados. Ainda temos alguns cargos que realizam um trabalho manual, mas tentamos automatizar o máximo possível."

Os clientes também precisam de tempo para se acostumar com o conceito de automação total. Para Lerøy, a maioria das unidades de produção e embalagem está acostumada a receber peixes inteiros, logo, a capacidade de realizar filetagem pré-rigor na Lerøy Midt significou ajustes na cadeia anterior.

Eles estão trabalhando em um projeto de automação com o objetivo de produzir filés sem que ninguém toque na matéria-prima; sem qualquer corte manual. "Estamos ansiosos para continuar nesse projeto."

Processamento de salmão mais inteligente em todo o setor

A Lerøy Midt elevou o patamar na Noruega – e mais – mostrando o que é possível em termos de automação crescente, integração de robótica avançada e uso de software para aumentar o controle de produção. Esse é o início da próxima onda, mudando a maneira como o salmão é processado para manter a competitividade, e mais fábricas como esta são esperadas no futuro.

"Se competirmos com os países de custo mais baixo, teremos que automatizar a produção e reduzir o número de pessoas nas linhas", explica Kleven. "Do contrário, não poderemos competir. Temos que estar na primeira linha para desenvolver novas tecnologias com os fornecedores".

Sobre a Lerøy Midt

A Lerøy Midt faz parte do Grupo Lerøy Seafood: uma empresa de frutos do mar líder mundial com uma história que remonta a 1899.

Além da produção e do processamento de salmões e trutas, o negócio principal da Lerøy inclui pescas de peixe branco, desenvolvimento de produto, marketing, vendas e distribuição de frutos do mar que acabam nos pratos das pessoas em mais de 80 países em todo o mundo.

Pål Kleven, diretor de produção da Lerøy Midt, está na Lerøy há mais de 20 anos e também passou cinco anos na equipe de serviços da Marel. Por isso, ele está em uma posição privilegiada para entender as duas empresas



Entre em contato

A nossa equipe dedicada está aqui para ajudar e responder a todas as dúvidas que você tiver. Preencha o formulário e entraremos em contato com você assim que possível. Estamos ansiosos pelo seu contato.