Ver o que os olhos humanos não veem

Foyle 042

A Foyle Meat Group instalou Sistemas de Gerenciamento de Retalhos em 3 das suas 5 unidades processadoras e identificou neles enormes vantagens.

"É tudo uma questão de confiança", afirma Michael McKay, Diretor-Geral da Foyle Food Group, em Donegal. "Os nossos clientes sabem que a carne que fornecemos possui uma qualidade homogénea e é produzida com a máxima atenção à segurança e à higiene do produto. O Sistema de Gerenciamento de Retalhos constitui um instrumento importante a esse nível."

Atuando em um mercado altamente competitivo e sujeito a mudanças constantes das exigências dos consumidores, a Foyle Meat Group, na Irlanda do Norte, decidiu focar na inovação e na definição de novos padrões de qualidade de seus produtos e processos.

A empresa, que instalou Sistemas de Gerenciamento de Retalhos em 3 das suas 5 unidades processadoras, identificou neles enormes vantagens. Com os sistemas, é agora possível medir e verificar importantes indicadores-chave de desempenho, tais como o teor de carne magra no conteúdo da carne.

"O motivo principal da instalação dos Sistemas de Gerenciamento de Retalhos foi a nossa intenção de satisfazer os requisitos cada vez mais diversificados em termos do teor de carne magra. O mercado mundial está mais aberto, e somos agora confrontados com uma maior variedade de requisitos", explica McKay. "Com os Sistemas de Gerenciamento de Retalhos, podemos na prática verificar que os cumprimos, uma vez que o mesmo mede todos os retalhos de carne e regista todas as informações."

MELHORIA DA GESTÃO DOS PROCESSOS

Quando os retalhos de carne passam pela inspeção por raios X, o sistema regista informações sobre peso, teor de carne magra, ossos ou outros contaminantes. Essas informações são então enviadas para a unidade de classificação no final do sistema, onde a carne é agrupada em tanques, caixas ou sacos, compondo um lote final com o peso e o teor de carne magra fixo especificados.

McKay destaca em particular a capacidade de medir com precisão o teor de gordura. "Encaramos este aspecto como uma competição entre a vista humana e a máquina. E a máquina vence, sem dúvida. Com ela, é possível determinar o teor de carne magra muito melhor e mais rapidamente do que qualquer ser humano.

Podemos com ele combinar diferentes retalhos de carne magra para elaborar lotes finais do teor que regista maior procura. Se possuímos, por exemplo, teores de carne magra de 70/30 e 90/10, a máquina pode facilmente produzir teores intermédios, tais como 80/20."

A DIFERENÇA ESTÁ NA VERIFICAÇÃO DOS DADOS

Outro benefício da máquina sobre os seres humanos está na capacidade de localizar ossos e outros contaminantes perigosos (com tamanho mínimo de 5 mm). Os limites de aceitação para fragmentos de ossos estão cada vez mais rigorosos à medida que a segurança dos alimentos se torna mais importante para os consumidores.

Por consequência, cada vez mais fabricantes estão instalando sistemas de medição de ossos no recebimento de matérias-primas. Como resultado, as reclamações relacionadas a ossos são frequentemente encaminhadas para o fornecedor. Com o Sistema de Gerenciamento de Retalhos, é possível remover quase todos os fragmentos de ossos, evitando as reclamações.

"Quando os clientes conhecem o sistema e as possibilidades de verificação de dados e informações de rastreabilidade que o mesmo proporciona, adquirem confiança plena nele", afirma McKay. "Esse é um grande benefício e faz uma enorme diferença nos lucros. Deixamos praticamente de receber reclamações sobre o teor de carne magra ou de ossos. Na realidade, obtivemos novos clientes, dada a eficiência do sistema e as medidas abrangentes de rastreabilidade do teor de carne magra e frequência de ossos."

Foyle Food Group

A Foyle Food Group tem uma longa história de fornecimento de carne de qualidade para os principais varejistas, fabricantes, serviços de alimentação e açougues em todo o mundo. A Foyle Food Group é um grupo familiar de empresas com herança agrícola que remonta a várias gerações.

Eles operam de 9 instalações em todo o Reino Unido e Irlanda e têm capacidade para processar mais de 300 mil bovinos por ano em cinco locais de processamento primário. O grupo é especializado em abate, desossa e representação.



Entre em contato

A nossa equipe dedicada está aqui para ajudar e responder a todas as dúvidas que você tiver. Preencha o formulário e entraremos em contato com você assim que possível. Estamos ansiosos pelo seu contato.