Inspeção de Filés IRIS garante ótima qualidade visual

A melhor maneira de detectar todos os defeitos em filés

IRIS FI Camera

Além de ter seus filés inspecionados no tocante à contaminação óssea, os processadores de aves também estão ansiosos para ter algum tipo de inspeção automatizada da qualidade dos filés. A câmera IRIS FI (Fillet Inspection) da Marel oferece essa avaliação de qualidade visual. Devido à sua capacidade de detectar defeitos como hematomas, gordura e pele, a IRIS FI desempenha um papel essencial no fornecimento de alimentos da mais alta qualidade.

Uma linha típica de filés contará com um sistema de desossa, uma estação de corte e escaneamento de ossos. Além disso, a IRIS FI oferece a opção de garantir a qualidade visual.

Garantia da Qualidade

A IRIS FI é uma excelente ferramenta para garantia de qualidade. Instalada após a estação de corte, ela verifica em tempo real se os filés cortados, que estão na esteira transportadora naquele momento, atendem aos requisitos de qualidade dos clientes. Uma finalidade de coletar dados dessa forma é avaliar o desempenho do processo de corte. O relatório de desempenho pode ser feito para vários critérios, como tempo, lote e defeitos que estavam na linha. Proporciona aos gerentes da fábrica uma imagem confiável das operações do departamento de corte. Ainda é possível comparar as diferentes mesas de corte. Se o corte for feito com muita intensidade, muita carne aproveitável será reduzida. Já o corte muito suave pode levar a reclamações do cliente e uma menor entrada de pedidos. De qualquer forma, os processadores perderão dinheiro. Para evitar isso, faz sentido instruir os cortadores exatamente como cortar. Os resultados de tal treinamento podem ser verificados pela IRIS FI. Desta forma, os processadores podem ganhar uma quantidade incrível de carne aproveitável anualmente, representando várias centenas de milhares de euros.

IRIS FI Fillets

Opções de distribuição

A IRIS FI também pode ser combinada com o Innova PDS e um sistema de distribuição de filés, permitindo filtrar os produtos que não atendem aos critérios. Os cortadores podem deixar passar uma fatia de gordura ou cortar demais, deixando um filé de formato estranho. Esses produtos são indesejados em uma bandeja de varejo e devem ser direcionados a um fluxo de processo diferente. A câmera e o software cooperam na atribuição de uma certa qualidade aos filés e essa informação de qualidade pode ser usada para a tomada de decisão para distribuição posterior. Na prática, essa poderia ser a solução da Fillet Distributor da Marel, incluindo as esteiras transportadoras servo-operadas inteligentes que redirecionam produtos de diferentes qualidades para diferentes fluxos de processamento. Uma esteira superior pode levar a um RoboBatcher ou outro processo de empacotamento de bandejas, enquanto uma correia inferior pode levar a uma linha de processamento de marinagem, de iscas de Shwarma ou Schnitzel.

Verifique em tempo real se os filés cortados atendem aos requisitos dos clientes

O que exatamente a IRIS FI vê?

Os processadores podem escolher suas próprias configurações da IRIS FI para selecionar filés de aves da melhor qualidade possível. É fácil fazer a receita ideal para o limite de tolerância permitido de hematomas individuais, área total de hematomas, defeitos de gordura e área total de gordura. Formas de filetes fora do padrão também podem ser levadas em consideração. Dentre os defeitos de gordura, também é detectada pele residual – não removida por uma esfoladora. Os hematomas detectados podem ser sangramentos subcutâneos ou coágulos – visíveis como pontos vermelhos bem definidos que podem ser simplesmente removidos. Como resultado da separação da asa inferior, a parte embaixo da asa é notavelmente um ponto crítico onde vários defeitos podem ocorrer, como manchas de sangue ou tendões remanescentes. Por outro lado, o corte com muita intensidade nesta área resultará em formatos estranhos de filé e perda de muita carne aproveitável.

IRIS FI Fillets Close Up

Defeitos individuais ou totais

A IRIS FI tem muita inteligência embarcada. Ele sabe, por exemplo, que deve ignorar a pequena tira regular de gordura no meio de cada filé (exceto quando estiver muito grande ou com hematomas). Cada filé é fotografado. Quando necessário, para fins de análise por exemplo, todas as imagens podem ser armazenadas em um servidor para serem revistas posteriormente.

As configurações de detecção da IRIS FI podem ser ajustadas com precisão, desde muito restrito a mais tolerante, exatamente o que o cliente solicitar. Os limites de área podem ser definidos para sangue e gordura independentemente. Em qualquer caso, o software Innova PDS consegue registrar (e classificar) os filés com defeitos que cobrem uma superfície maior que a área delimitada, seja um defeito individual ou os defeitos totais.

IRIS FI Unveiled4


Entre em contato

A nossa equipe dedicada está aqui para ajudar e responder a todas as dúvidas que você tiver. Preencha o formulário e entraremos em contato com você assim que possível. Estamos ansiosos pelo seu contato.