A Esbro alcança processamento de 15.000 aph

Processador premium holandês eleva a eficiência de custos

Sander De Bruijn Jan Legters Esbro

O principal processador holandês de aves, a Esbro, parte do Groenland Group, aumentou recentemente sua velocidade de linha de 13.500 para 15.000 aph. Jan Legters, Gerente de Planta da Esbro, fala sobre o aceleramento da linha.

A Esbro pensava em mudar para 15.000 aph desde 2017. Jan Legters diz: “Ter 11% mais aves na linha é altamente vantajoso para nossa relação custobenefício. Já tínhamos uma fábrica moderna. Possuíamos o equipamento e as pessoas disponíveis para ir mais rápido, uma oportunidade única de obter a máxima eficiência de nossa planta. Os custos de limpeza são os mesmos para 12.000 e 15.000 aph. Os custos fixos também permanecem os mesmos. Com um aumento na inspeção veterinária e com algumas alterações aqui e ali, conseguimos aumentar a lucratividade.”

Unidades de transferencia Linelink

Para 15.000 aph, a Esbro adicionou as unidades de transferência LineLink DE e EC . “As unidades de transferência LineLink são realmente excelentes, diz Jan Legters. “Elas reduzem muito o estresse para os nossos operadores. Seu conceito tecnológico é mais simples e mantê-las não representa muito trabalho. Acho que são sistemas muito eficientes!”

Iris ajuda veterinarios

A legislação holandesa aceitou velocidades de processamento de até 13.500 aph. Um processo de 15.000 aph era novo. Uma das principais preocupações era a segurança alimentar. Jan Legters explica: “Decidimos ficar à frente dos regulamentos e adicionar uma terceira estação veterinária, além de um sistema de visão IRIS para apoiar os veterinários na linha de evisceração. Agora podemos descarregar produtos danificados, muito pequenos ou sangrados inadequadamente na unidade de transferência. Estou muito entusiasmado com isso. Conhecemos a qualidade de cada ave antes que os veterinários iniciem sua inspeção. Penso que as câmeras se tornarão ainda mais importantes para tarefas veterinárias no futuro.” Em vez de inspecionar 6750 produtos por hora, os veterinários agora inspecionam apenas 5000. Eles não precisam mais liberar sacos viscerais manualmente. Se uma carcaça for rejeitada, seu saco é descarregado automaticamente. Esses recursos tornaram o trabalho dos veterinários mais fácil do que antes.

Smartweighers

A Esbro também instalou uma SmartWeigher na linha de evisceração. Isso permite que a gestão da planta obtenha dados muito precisos sobre peso do produto do sistema em um estágio inicial, imediatamente antes do processo de resfriamento. A produção pode corresponder mais facilmente aos pedidos recebidos. “Agora possuímos SmartWeighers em ambos os lados do túnel de resfriamento. Somos capazes de verificar os rendimentos no túnel com base em fatos precisos e não na intuição”, prossegue Jan Legters.

IMPAQT

“Com o software IMPAQT software da Marel, não dependemos mais da intuição no processamento primário. Quando até as pessoas mais experientes pensam que encontraram a causa de um problema, o IMPAQT às vezes prova que estão erradas. O controle e a visão que temos sobre o nosso processo primário é simplesmente incrível. Nós sabemos o que está acontecendo e aonde. Podemos identificar qual linha parou, quando e por quantos segundos. Sabemos qual a origem do problema.” Jan Legters está obviamente muito feliz com a adição do IMPAQT ao processo de 15.000 aph.

Resfriamento

“Nosso sistema de resfriamento precisava de uma expansão considerável, porque passamos de duas a para três horas de resfriamento. Costumávamos maturar fora da linha e queríamos nos livrar do manuseio de caixas e economizar pessoal. Queríamos manter todo o processo, incluindo a maturação em linha. Em 2013, ao construir o túnel, permitimos um portal extra, pois a Esbro já pensava em uma expansão futura. A extensão da linha do túnel de resfriamento foi instalada nesse espaço.”

Desossa

Na linha de distribuição da Esbro, foram adicionadas três novas unidades de transferência TR-1G HS para obter uma distribuição rápida e precisa para as linhas de corte; essa configuração do ACM-NT quase não precisava de atualização para o processo de 15.000. Todas as linhas de filetagem da Esbro estão operando com sistemas AMF-i atualizados, que podem lidar com a nova velocidade. “Costumávamos desossar apenas os peitos mas agora observamos a demanda por produtos de carne de pernas e sobrecoxas disparar. Estamos olhando para todas as áreas. Queremos acompanhar e até ficar à frente dos desenvolvimentos atuais. Talvez possamos mudar a maneira como processamos as asas no futuro próximo.”

esbro.nl


Entre em contato

A nossa equipe dedicada está aqui para ajudar e responder a todas as dúvidas que você tiver. Preencha o formulário e entraremos em contato com você assim que possível. Estamos ansiosos pelo seu contato.