5 perguntas sobre classificação por visão no processamento avícola

Inspeção visual de alta tecnologia, super rápida e ultraprecisa

Iris Ev Vision Grading System

O diretor Regional de Vendas da Marel para a Indústria de Aves, Ruud Berkers, ressalta as características e vantagens do uso da tecnologia de classificação por visão nas plantas frigoríficas de abate de frangos. "A inspeção automática do lote de entrada, por meio de sistemas avançados de visão, fornece aos processadores informações essenciais para uma cadeia produtiva mais eficiente, sustentável e responsável."

Q Wing IRIS

1. Como a tecnologia de classificação por visão pode ajudar os processadores de aves brasileiros?

Ruud Berkers: "Em operações de alta capacidade, como a da indústria de aves brasileira, a coleta de informações antes da chegada dos frangos à planta de processamento tem um papel importante na  eficiência e rentabilidade do processo. A tecnologia de  classificação por visão ajuda na avaliação precisa da qualidade do produto em termos de tamanho, formato, hematomas, arranhões na pele, cor, textura e partes quebradas como asas. Ela garante a alocação correta dos produtos para a próxima etapa do processo. Combinado com o software apropriado, a classificação por visão também pode ajudar a determinar se o dano a um produto ocorreu na fazenda, durante o transporte ou na planta de processamento. Ter dados de qualidade visual disponíveis é essencial em toda a planta de processamento. Portanto, é fundamental que, em qualquer etapa do processamento, esta informação seja conhecida."

Banham IRIS

2. Como essa análise primária pode contribuir para uma cadeia de valor mais sustentável e responsável?

Ruud Berkers: "A coleta confiável de dados é a porta de entrada para uma cadeia de valor bem organizada e transparente. Ao analisar cada lote, os processadores podem reunir dados precisos sobre o desempenho das fazendas, granjas, equipes de captura, rotas, motoristas de caminhão e condições de transporte. A projeção destas informações para trás na cadeia de valor permite que sejam tomadas medidas no primeiro estágio da cadeia de produção. Com base nos dados coletados de cada entrega, a análise primária será capaz de determinar os fornecedores mais responsáveis. Eventualmente, ela ajudará a reduzir as perdas gerais e garantirá que o processador receba produtos de qualidade somente a cada vez. A redução das perdas significa menos desperdício e mais sustentabilidade. Há ali um grande valor, e a chave para o sucesso é fazer uso dos dados disponíveis."

IRIS DF

3. Por que a inspeção de lote de entrada é crítica para processadores que oferecem produtos inteiros ao mercado?

Ruud Berkers: "Qualquer dano identificado na chegada de um frango tem um impacto direto sobre a rentabilidade final de todo o produto final. Isto é particularmente relevante para toda a exportação do “griller” para o Oriente Médio. A maioria desses danos ocorre na chegada à fábrica de processamento. A tarefa da tecnologia de classificação por visão é inspecionar todos os possíveis defeitos o mais rápido possível e evitar que tais produtos acabem no fornecimento ao cliente. Além de informações sobre defeitos, os dados de classificação por visão também fornecem detalhes interessantes em tempo real sobre o desempenho de escaldamento e depenagem na planta de processamento. Ações podem ser tomadas diretamente quando a qualidade da derrota diminui e ajustes de linha são necessários para fornecer produtos inteiros excelentes novamente."

Ter dados de qualidade visual disponíveis é essencial em toda a planta de processamento.

Ruud Berkers

Ruud Berkers
Diretor Regional de Vendas da Marel para a Indústria de Aves

Iris Scanner

4. Existem também benefícios para os processadores que oferecem produtos cortados ou desossados?

Ruud Berkers: "Os danos que são analisados em uma fase inicial, antes do resfriamento e, portanto, algumas horas antes do corte, desossa e embalagem, permitem aos planejadores de produção pensar adiante. Os lotes podem ser alocados aos pedidos com base em fatos, não em intuição. Será mais fácil combinar os produtos recebidos com os pedidos dos clientes, para otimizar o planejamento e o cumprimento dos pedidos. Outro benefício da classificação por visão é a capacidade de separar produtos danificados e não danificados automaticamente. Desta forma, o fluxo de produtos de qualidade “A” não se mistura com produtos de qualidade “B”. Isto significa tremendas vantagens na otimização do corte, embalagem, logística e, por último, mas não menos importante, redução de mão-de-obra."

Q Wing IRIS

5. Como essas informações são coletadas e disponibilizadas para as equipes de planejamento e qualidade?

Ruud Berkers: "A Marel desenvolveu o sistema óptico controlado por computador IRIS (Intelligent Reporting, Inspection & Selection). A câmera digital de alta tecnologia IRIS pode capturar uma imagem de alta resolução de cada um dos produtos de passagem rápida. Esta pode ser a frente ou a parte de trás da carcaça. O IRIS permite um desempenho excepcional de inspeção e seleção com as mais altas velocidades de linha. O avançado software de reconhecimento Innova processa as imagens da câmera e determina a qualidade. O limiar de qualidade é estabelecido pelos próprios processadores. As informações de qualidade são apresentadas no painel de controle e reportadas, tornando possível gerar histogramas por minuto, hora, turno, dia, mês e ano. Os dados coletados pelo IRIS permanecerão com o produto ao longo de toda a linha de processamento e permitem ao pessoal de qualidade e planejamento tomar decisões bem informadas em termos de segurança alimentar e rastreamento e rastreamento. Desta forma, o IRIS facilita o cumprimento dos regulamentos de autoridade nestas áreas."



Entre em contato

A nossa equipe dedicada está aqui para ajudar e responder a todas as dúvidas que você tiver. Preencha o formulário e entraremos em contato com você assim que possível. Estamos ansiosos pelo seu contato.